Edge of Empire: New Dawn of the Republic

Segredos

O Segredo de Lando

Uma reunião entre Starkiller e Lando Calrisian aquecem as relações de ambos em Nar Shadda e faz com que Starkiller, no mundo pirata, torne a situação com Lando delicada, ao negar entregar a ele as contas que um dia pertenceram ao Lorde Sidius.
Ainda tentando passar despercebido em Nar Shadda, Starkiller acaba por conhecer uma vidente protegida pelas organizações locais, Madame Mimi, uma Miriliana e também descobre o recrutamento de oficiais para uma missão “diferente” e sigilosa da Primeira Ordem, comandada por Johann Eclipse.
Shom-Ron é nomeado Mestre, após a formação de Rudo, o padawan com problemas pulmonares após o atentado à Ordem Jedi. Em seguida, antes que pudesse iniciar suas funções, um pedido de socorro vindo de uma nave de Dantooine o leva a investigar uma abordagem pirata no espaço e um furto de frutas únicas e exóticas, cultivadas a partir das sementes de Pandora, um ano atrás, agora especiarias do planeta. Ele descobre que os tais piratas teriam rumado para Nar Shadda.

O Segredo do Hutt

Ao sair da Cantina em Nar Shadda, Starkiller percebe a presença de um Hutt e um pirata, ambos com suas companhias de segurança, conversando sobre um dos itens que sobrou do tesouro de Grakkus o Hutt. Starkiller segue-os invisível, até o momento em que Shom-Ron abre comunicação com ele e, involuntariamente, sua comunicação é percebida. Shom-Ron tem uma previsão e avisa Starkiller sobre um possível ataque pelas costas que realmente acontece, realizado por um misterioso Twi’Lek sorridente, praticamente histérico, dotado de dois sabres de luz.
A confusão os revela e atrai os tiros das duas companhias e dois dos magnaguardas do Hutt. Com um improviso, Starkiller entra em um prédio e consegue voar em seguida, manobrando e deixando o agressor para trás e os tiros longe do alcance.

O Segredo de Boc Aseca

Shom-Ron chega a Nar Shadda, para seguir o rastro do contato com Starkiller e o encontra sobre um prédio pequeno de Nar Shadda, no bairro, ferido. Ambos são abordados pelo Twi’Lek que se revela Boc Aseca. Entre ilusões e conversa entre os dois grupos, as ameaças cessam e Boc Aseca convence-os de que não é um sith e que é tudo um mal entendido. Em acordos, eles trocam informações, já que Boc Aseca gostaria de saber sobre o companheiro morto na nave Galática, meses atrás, enquanto Shom-Ron queria informações sobre o misterioso grupo, que parecia contar com um miraluka em suas fileiras.
Ambos os grupos deixam Nar Shadda e seguem no pensamento de um encontro com o tal Twi’lek, para investigar e descobrir exatamente o que ele queria e o que isso poderia ter a ver com a Primeira Ordem.

O Segredo de Socorro

Ambos rumam para o planeta de encontro de Boc, Socorro. O planeta, cercado por oito naves piratas e duas fragatas modificadas, pertencentes à Primeira Ordem, faziam o receio do por quê da presença dos mesmos. Uma torre isolada da cidadela capital de Socorro era lar de Boc Aseca, com mais magnaguardas e outros autômatos dos tempos das Guerras Clônicas como moradores.
Boc recebe anfitriosamente Shom-Ron enquanto uma gravação é transmitida para a nave com Jão e Starkiller, que se preparam para o pior, que não vem. Uma proposta de aliança é feita por Boc, que se identifica claramente Jedi da equipe de exploração de Jerec. Shom-Ron nega aliança e oferece a Boc e seus companheiros que conheçam Dantooine e se reportem ao conselho Jedi. O caso se encerra e Shom-Ron retorna pacificamente para a nave, para se prepararem.
Meditando através da Força sobre o Assunto, Shom-Ron percebe que, em duas horas, piratas chegariam com um item de escolha de Boc, requerido aos piratas, em troca de ouro, que o levaria a uma tumba, abaixo da torre, com segredos que o fizeram escolher o planeta como base. Starkiller revela ao senado, em reunião, parte das contas de Palpatine, em promessa de distribuir entre a República o valor.

O Segredo dos Jedi

Starkiller e Shom-Ron se preparam, entram em contato com o Conselho Jedi a respeito da situação, planejam e decidem por uma abordagem de colaboração.
Descendo anunciados, ambos se colocam nas mãos de Boc Aseca, como se dividindo os espólios e o conhecimento, em um acordo de ajuda mútua pela cortesia e para ingressão junto à Ordem Jedi atual.
Os piratas, liderados pelo feeoni Capitão Rav, trazem uma chave de pedra, em troca de um baú de ouro, contratado por Boc. Eles sabem que vários outros piratas famosos, como o quarren Capitão Olho de Vidro e o Capitão Peste Negra, trabalham para Boc, assim como outros não nomeados.
Com a chave em mãos e os piratas dispensados, Boc chama seus novos aliados e, juntos, seguem para o túmulo de pedra abaixo da torre. Nele, o corpo do Mestre Jedi Qu Rahn repousa, com um holocron. Boc apanha o holocron e entrega para que, firmando aliança, ele e os amigos abram ao mesmo tempo. É nesse instante que Starkiller percebe que Boc não consegue abrir o holocron e espera a ajuda dos dois jedi para o fazer, por sua corrupção impedi-lo. Um alerta silencioso e Shom-Ron tem uma visão instantânea de que, com o holocron em mãos, Boc eliminaria os dois e seguiria com os segredos do artefato, capturando a essência de Mestre Qu Rahn em um cristal sintético. Juntos, eles golpeiam Boc de surpresa e um novo combate se inicia, no qual Boc perde sua mão direita e sua visão.
Com Boc capturado, Shom-Ron e Starkiller retornam a Dantooine, onde Starkiller segue para Barab I, para continuar com a solução da guerra civil do planeta e Shom-Ron aguarda o fim da reunião do Conselho Jedi, para que votem sua proposta sobre a Corporação de Exploração Jedi de Planetas da Galáxia.

Comments

julio_philosofo julio_philosofo

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.